Com vaga assegurada na Copa São Paulo de Futebol Júnior, o Aliança Atlética vem consolidando o processo de avaliação de jogadores, visando a montagem do seu elenco para a disputa desta tradicional competição, em janeiro de 2018.

Nesta segunda-feira (7), por exemplo, já aconteceu em São Paulo a primeira etapa da avaliação de jovens nascidos em 1998, 1999 e 2000, comandadas pelo professor José Roberto, mas apenas para atletas indicados por parceiros do Aliança. O mesmo grupo volta a ser avaliado nesta terça-feira (8).

Ainda na Capital paulista, as avaliações “abertas” da mesma faixa etária estão marcadas para os dias 14, 15 e 17 de agosto, das 14h às 17h, no CDC Alvorada (Esfuco), em Artur Alvim, na Zona Leste da cidade.

Especificamente neste trabalho em São Paulo, o Aliança tem como parceiro o “Caça Talentos”, um projeto independente que atua no desenvolvimento de atletas e encaminhamento para avaliações técnicas de futebol. Inclusive as inscrições para as seletivas na Capital paulista devem ser feitas pela internet, diretamente no site do referido projeto (http://cacatalentosfutebol.esp.br/).

Já em Fortaleza, capital do Ceará, as inscrições dos candidatos também estão abertas até esta quarta-feira (9), devendo ser feitas na Academia Moviment Fitness: Avenida C bloco 235 CJ Esperança (esquina com Av. F), de segunda a sexta-feira das 6h às 12h e das 14h às 22h, além do sábado, das 8h às 12h.

Já as avaliações técnicas, supervisionadas pelo professor Clytss Jons –  o primeiro treinador do Aliança naquele Estado – estão confirmadas para o dia 10 de agosto, quinta-feira, em dois períodos (a partir das 8h e das 13h), no CT Uniclinic – Rua Paulo Parente, 370 – Lagoa Redonda – Fortaleza/CE. Inscrições e mais informações também pela internet, no seguinte endereço:  http://aafc.esp.br/avaliacao-tecnica-fortalezace/

“Berço de Craques” – Vale destacar que a tradicional Copa São Paulo é também conhecida como o “berço” de grandes craques do futebol brasileiro e mundial, casos recentes de Neymar e Lucas Moura, além de Willian, Raí, Dida e tantos outros. Para os especialistas é também um “divisor de águas” para os que pretendem seguir carreira de jogador profissional.