Por ser o único clube do Brasil a atuar em dois Estados – São Paulo e Ceará –, o Aliança Atlética já definiu que adotará um modelo conjugado no comando técnico do time, visando a disputa da tradicional Copa São Paulo de Futebol Júnior, em janeiro de 2018.

Ou seja, já acertou a contratação de dois treinadores experientes, que atuarão em conjunto, tanto nesta fase de avaliações e montagem do elenco, como na própria competição. Um deles, Clytts Jones, do Ceará, foi inclusive o primeiro treinador do Aliança naquele Estado, em 2008, e agora retorna ao clube para este novo desafio.

Já em São Paulo, este trabalho está a cargo de José Roberto da Silva, lembrando que ambos já estão comandando as seletivas dos jogadores em seus respectivos Estados.

“A ideia de adotar este modelo conjugado no estilo da dupla Parreira e Zagallo (Seleção Brasileira no Tetracampeonato Mundial em 1994) é aproveitar o máximo possível a troca de informações entre eles, que trabalham com grupos distintos de jogadores no Ceará e em São Paulo, inclusive nesta fase de pré-seleção dos atletas”, explica o diretor presidente do Aliança, Fábio Serrão, lembrando que este mesmo modelo valerá também para asdisputas da Copa Ouro (São Paulo), Taça Marcelo Vilar (Ceará) e Campeonato Sub-20 do Ceará em 2018.

Currículo – Além da graduação em Educação Física, os dois citados técnicosdo Aliança têm em comum um vasto currículo esportivo em seus respectivos Estados – e a experiência de comando em outras equipes na própria Copa São Paulo.

José Roberto, por exemplo, de 47 anos, já dirigiu o Saad em 2008 e o Rio Claro em 2011. Já Clytts Jones, hoje aos 46 anos de idade, comandou o Piauí na “Copinha” de 2010, integrando um dos grupos da Capital, com Botafogo (RJ), Desportiva (PI) e Nacional (SP).

Prof. Clytts Jones
Prof. Clytts Jones
Prof. José Roberto

Em breve, informaremos neste mesmo espaço mais detalhes do currículo destes dois profissionais, que hoje unem suas experiências em prol deste momento histórico vivido pelo Aliança – pela primeira vez credenciado a disputar a principal competição do Brasil, no futebol de base